20/11/2007

DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA



Aqui está uma história que eu gosto muito, onde mostra que independentemente da cor que você tenha, o mais importante é aquilo que você cultiva no seu coração!Cultive sempre coisas boas e seja feliz...

O VENDEDOR DE BALÕES
Autor Desconhecido

Era uma vez, um vendedor de balões. Todos os domingos ia para praça, e lá ficava vendendo seus balões coloridos. Esperto, o homem ao ver a meninada, logo puxou o barbante do balão vermelho soltando-o. O balão vermelho subiu, subiu. A meninada toda gritava:
- Pai compra um balão vermelho igual aquele que esta subindo?
O vendedor soltou também o azul, em seguida o amarelo.
Vendo aqueles balões subindo, Pedro sorria e observava tudo com muita curiosidade.
O vendedor de balões pegou o balão branco e o deixou subir como os outros. Os balões deixavam o céu daquela tarde ainda mais bonito, todo colorido. Os balões iam subindo , subindo, ate sumirem de vista.
Pedro, com o olhar atento, acompanhava cada um. Imaginava mil coisas. Mas não entendia porque aquele vendedor não soltava o balão preto. Inconformado, Pedro perguntou:
- Moço, se o senhor soltar o balão preto, ele vai subir tanto quanto os outros?
O vendedor de balões sorriu. Arrebentou a linha que prendia o balão preto e segurando bem alto falou:
- Não é a cor, filho, é o que está dentro que o faz subir. E soltou o balão.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial