08/03/2010

RÚBIA DE BAILARINA NO TVX

Eiiiiii para você!
Aqui estou para postar umas fotos de um dia bem legal no programa: "Dia do Esporte"! Eu e o Popó combinamos que tínhamos que ir vestidos com a roupa do nosso esporte preferido...o Popó foi de capoeirista e eu...de bailarina!
Não sei se você sabe, mas quando eu ainda morava em Lagoa da Prata, dei aulas de "Dança Educativa" para crianças. Aliás foi o meu primeiro trabalho com os pequenos e logo de cara me apaixonei! Lembro que meus alunos eram lindos, pequeninhos e quando ia ter algum festival da academia eu sempre dizia para eles não ficarem preocupados em não errar e sim em Sorrir sempre, porque assim, ninguém ia perceber o erro, só ia chamar atenção o sorriso estampado no rosto! Dito e feito...dava para perceber de longe quais eram meus alunos! Eles faziam caras e bacas, sorriam todo o tempo...e não cabia tanto orgulho em mim ao vê-las brilhando no palco! Não vou negar que foi uma das coisas mais difíceis de deixar para trás em Lagoa da Prata. Eu amava minha academia, meus alunos , minha professora de dança....
Quando eu vim para BH, queria entrar para o "Corpo de Baile", que é o grupo mais avançado de uma academia, porque queria muito dançar sempre...e em menos de um ano eu consegui e acabei sendo uma das protagonitas de um espetáculo da academia em que eu frequentava. Fiquei muito feliz! Hoje, tenho saudades e lindas lembranças daquela época! Fui muito feliz dançando....
E você qual o esporte você escolheria? Qual é o seu preferido?
Confira aqui um pouquinho deste dia muito especial no TVX e também um poema da Cecília Meireles que eu amava recitar...tem tudo a ver com este momento!





Eta turminha animada essa!


Roda roda roda que é brincadeira, roda roda roda pião...


A bailarina

Cecília Meireles


Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Não conhece nem dó nem ré
mas sabe ficar na ponta do pé.

Não conhece nem mi nem fá
Mas inclina o corpo para cá e para lá.

Não conhece nem lá nem si,
mas fecha os olhos e sorri.

Roda, roda, roda, com os bracinhos no ar
e não fica tonta nem sai do lugar.

Põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Mas depois esquece todas as danças,
e também quer dormir como as outras crianças.


Cecília Benevides de Carvalho Meireles (RJ 1901 – RJ 1964) poeta brasileira, professora e jornalista brasileira


Beijos,
Rúbia

Marcadores: , , , , , , ,

1 Comentários:

Anonymous Ana Lua disse...

Ai Rúbia vc estava lindona parabens em caprichou

15 de maio de 2010 14:30  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial