16/02/2011

DOBRADURAS DE PAPEL


Recorte, dobre,desdobre, picote...um papel na mão e pronto! Quanta coisa ele pode se transformar. Logo, logo vira uma flor, uma borboleta e o que mais desejar...
Não é preciso muito: papel, tesoura e imaginação! E quando você menos espera, tudo pode acontecer...
Eu sempre digo que a criatividade é infinita, mas precisa diariamente ser treinada! Mãos a obra e dobre, recorte, brinque...use sua imaginação!











“Dobra, dobra, dobra, dobradura,
vai formando uma figura
de uma folha de papel.

Faz aviãozinho, faz barquinho,
Marcha, marcha soldadinho,
ou vai preso pro quartel.

Faz estrela guia, cata-vento,
Uma pipa em movimento.
Ou, quem sabe? Uma flor.

Ou, ainda, com muito cuidado
Faz casinha, faz telhado,
Pra morar com seu amor”.
Hardy Guedes

Este poema encontrei no site www.cpt.com.br
Agora é a sua vez de começar!
Beijos e beijocas,
Rúbia

Marcadores: , , , , , ,

1 Comentários:

Anonymous Ana Paula disse...

Adorei a postagem sobre arte com papel. Quero apresentar o trabalho quemeu esposo faz. São carros de papel.Vejam o link:

http://www.orkut.com.br/Main#Album?uid=12974618498102716549&aid=1

24 de fevereiro de 2011 16:40  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial